Músicas para lojas: 4 erros que você não pode cometer

O som ambiente e as músicas para lojas são uma ótima estratégia para lojas, pois tem o potencial de atrair mais clientes e também de estimular as vendas. A escolha acertada das músicas para sua loja faz com que os consumidores permaneçam mais tempo dentro de seu estabelecimento e retornem com mais frequência.

A música é parte do que chamamos de marketing sensorial, que é a utilização dos cinco sentidos humanos para despertar o desejo de compra. Afinal, as músicas são capazes de alterar significativamente o comportamento dos clientes e de criar diferentes estados de ânimo.

Para que o desejo de compra seja efetivamente despertado, é importante não cometer erros ao escolher as músicas para loja. Confira abaixo alguns deslizes que não podem ser cometidos na hora da seleção da melhor trilha sonora para o ambiente da sua loja!

Músicas para lojas, primeiro erro:

1. Não pesquisar as preferências de seu público-alvo

Na hora da escolha da trilha sonora perfeita para o ambiente da sua loja, é essencial estar atento a seu público-alvo para descobrir seus gostos musicais. Assim a sua loja poderá oferecer aos clientes as músicas que eles provavelmente gostariam de ouvir em casa ou em outros momentos agradáveis. É muito errado, portanto, escolher as músicas baseando-se somente no seu gosto pessoal.

Não optar pelas preferências musicais dos clientes é um grande deslize, pois seu público poderá não se identificar com o cenário que você deseja criar, mesmo que os produtos oferecidos sejam adequados para tal nicho de mercado.

2. Não contratar um bom serviço de Rádio Indoor

Não contratar um serviço de rádio especializado é um grande erro, uma vez que esse tipo de serviço é capaz de montar trilhas sonoras totalmente personalizadas. De acordo com o público que é atendido as rádios podem, com alta eficiência, escolher as músicas ideais para o ambiente da sua loja.

Também é possível, com a ajuda de um serviço de rádio indoor, montar sua própria rádio interna, ampliando as possibilidades de interação com seus clientes e, é claro, viabilizando uma maior divulgação de sua loja.

3. Não colocar o volume ideal para as músicas

Da mesma forma que a música é capaz de proporcionar um ambiente agradável à clientela, também pode ser a responsável por afastar muitos consumidores quando é explorada de maneira errada. Não é apenas o gênero musical que deve estar de acordo com o público-alvo atendido, mas o volume também.

O mais recomendado em um ambiente que tem como foco o relacionamento e as vendas é que os clientes e os vendedores não precisem aumentar tanto o tom de voz para se comunicar. O ideal seria um pouco acima do tom médio de uma conversa, porém não tão alto que impossibilite escutar o que o cliente diz, e nem tão baixo que dê para escutar os ruídos externos.

4. Manter repetição na programação musical

A repetição das músicas para a loja é um grande erro, podendo deixar o cliente cansado de sempre ouvir o mesmo som. Ainda mais quando a sua seleção for de curta duração. Então, o ideal é elaborar uma lista com muitas opções de músicas, que deve ser sempre atualizada.

E então? Gostou das nossas dicas para a ambientação musical? Compartilhe o post nas suas redes sociais para que mais empreendedores conheçam os erros que não podem ser cometidos ao escolher músicas para loja!

Se ainda permanecer com dúvidas, contate nossa equipe do Rádio Atmosfera, estamos ansiosos para receber você.

Você também pode contratar o serviço gratuitamente por sete dias.

Rádio Atmosfera Experimentar

CONTEÚDO VIP

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *