Som ambiente aumenta vendas?

Aumentar as vendas é um desafio para diversos estabelecimentos comerciais, ainda mais em tempos de tão forte concorrência e menor procura. Diante dessa realidade, é importante criar boas estratégias para conquistar mais vendas e marcar presença entre seu público, e uma delas é a do som ambiente.

No entanto, apesar de ser altamente vantajoso, é comum que muitos empreendedores deixem de dar a devida atenção ao artifício, e que alguns até duvidem de sua eficácia. E você, quer saber se essa ideia funciona mesmo? Desvende agora essa e outras dúvidas sobre o som ambiente:

O som ambiente aumenta as vendas

Verdade! O som ambiente é capaz de aumentar as vendas de um estabelecimento comercial, desde que seja utilizado de maneira adequada e de acordo com o perfil do público. Isso acontece porque a música é um estimulante natural, que influencia as pessoas a utilizarem a criatividade e a memória emotiva, fazendo com que comprem mais produtos em lojas com as quais se identificam.

O volume da música de fundo influencia nas vendas

Verdade! Um volume de música extremamente alto incomoda os clientes, o que pode tornar a permanência na sua loja mais curta e atrapalhar suas vendas. Já um volume muito baixo não influenciará significativamente nas emoções de quem compra. Dessa forma, um volume moderado traz mais chance de aumentar as vendas.

Existe uma ambientação sonora para cada público

Verdade! A escolha do som ambiente deve estar atrelada ao tipo de público que frequenta o lugar, pois as pessoas tendem a permanecer em lugares que as deixam confortáveis e à vontade. Quando a música não combina com o perfil do público, provavelmente ele desejará sair o mais depressa possível do lugar — e sem comprar nada.

Dica: Lembre que a música precisa combinar com o posicionamento da sua marca — de nada adianta colocar uma música clássica para tocar se você vende itens de esportes radicais, por exemplo.

A música de fundo aumenta a permanência na loja

Verdade! Mas isso só acontece quando a música agrada os consumidores — ou pelo menos não os incomoda — e apresenta um ritmo que estimule as compras. Leve em consideração que melodias mais calmas tranquilizam as pessoas que estão na loja, o que aumenta seu tempo de permanência. Já as músicas mais agitadas tendem a estimular compras rápidas, funcionando bem para aquisições por impulso.

Músicas conhecidas distraem o consumidor

Mentira! As músicas conhecidas (em sua maioria e se usadas na medida certa) criam um clima de familiaridade com o consumidor. Em alguns casos, inclusive, podem fazer com que os clientes fiquem mais tempo dentro do estabelecimento porque gostam daquela determinada canção.

Para que o som ambiente gere resultados positivos, vale a pena apostar em músicas conhecidas, de forma que seus consumidores se sintam mais estimulados, aumentando as chances de vendas.

O som ambiente interfere na produtividade dos vendedores

Verdade! A ambientação sonora escolhida pode interferir de forma relevante no desempenho dos seus vendedores. A música lenta é ótima para fazer seus clientes ficarem alguns minutos a mais dentro da loja; porém, uma música calma demais pode diminuir a produtividade da equipe. Por outro lado, músicas populares e mais agitadas poderão distrair seus vendedores com mais facilidade.

O ideal é equilibrar o som e ter uma playlist completa e variada. Uma boa dica é começar o dia com músicas mais animadas para aquecer sua equipe e motivá-la a começar o dia de trabalho com gás total.

O som ambiente é ótimo para estimular os consumidores dentro do ponto de venda. Por isso, é importante sempre manter uma ambientação sonora agradável dentro da sua loja — tendo cuidado para colocar as músicas certas. Gostou das dicas? Então compartilhe este post nas redes sociais!

Rádio Atmosfera Experimentar

CONTEÚDO VIP

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *